Taketoshi Miyamura

inicial - guia de profissionais - Golfista amador - Taketoshi Miyamura

Rua das Ataleias, 47 - Alphaville
Londrina / PR
(43) 33780188
  Taketoshi Miyamura
-
 

"Se alguém perguntar qual é a minha profissão, respondo que sou golfista amador. É a minha paixão".

Taketoshi Miyamura
 

Taketoshi Miyamura é o primogênito dos imigrantes Kirio e Fumiko Miyamura. Nasceu em Londrina, em 10 de julho de 1937, quando a cidade tinha apenas 2 anos e meio de emancipação política. Há 71 anos, então, pioneiro londrinense.''Meus pais moraram em Marília e depois se mudaram para o Sítio na Gleba Cafézal, entre Cambé e Rolândia. Trabalharam muito na lavoura. Vieram para Londrina onde nasci e aqui fiz minha trajetória de vida. Meu nome consta no Memorial dos Pioneiros da Concha Acústica", ressalta ele. " Tenho boas recordações da minha infância, apesar da vida dura dos meus pais. Eu os ajudava sempre na lavoura. Me lembro da época da colheita de algodão. Nós tínhamos pouco espaço para trabalhar e meu pai ia colhendo numa fileira, minha mãe numa outra e eu me esforçava ao máximo para ficar na frente e fazer o trabalho da melhor maneira possível. Não gostava de perder. Sempre gostei de fazer tudo muito bem feito", recorda. Taketoshi fez o curso primário no Grupo Escolar Hugo Simas, cursou ginasial no Colégio Estadual de Londrina e concluiu o curso de técnico em contabilidade no Instituto Filadélfia de Londrina, em 1957. O primeiro emprego foi na Organização Nipo Brasileira Ltda, do saudoso senhor Sadao Masuko. "Depois fui aprovado no concurso do Banco do Brasil, sendo o primeiro nissei a trabalhar no Banco do Brasil de Londrina. Também fui sócio-fundador da Associação Atlética Banco do Brasil, sócio antigo do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Londrina, sócio-fundador da Associação dos Dirigentes de Vendas do Brasil e da Cooperativa de Consumo dos Funcionários do Banco do Brasil de Londrina e Região Ltda. Hoje, aposentado, minha maior paixão é o golfe. Joguei tênis durante 15 anos, mas desde 1998 jogo golfe tendo participado em 226 torneios conquistando 52 troféus. Conheço 20 campos de golfe incluindo 2 campos no Exterior'', completa ele que participa de quase todos os campeonatos válidos pelo ranking paranaense e está em 1º lugar no ranking da categoria seniores masculino Index 22,2 a 32,9 e no ranking interno do Londrina Golf Club defendendo o tri-campeonato. Sempre relembrando a vida com os pais, Taketoshi conta que a família começou a ampliar horizontes, em 1944, quando, já definitivamente residindo em Londrina, o pai adquiriu uma propriedade de dois alqueires e meio próximo ao córrego Bom Retiro. Depois, em 1946, compraram uma casa na rua Belo Horizonte, onde residiram durante 20 anos. "Eu era criança e me lembro do primeiro prédio de Londrina, o Edifício Durães, onde residia uma família, fundadora do prédio e onde, hoje, fica as lojas Riachuelo. Fui um ótimo aluno, sempre curioso, dedicado. Fui das primeiras turmas do Hugo Simas'', conta. Disciplinado em tudo que faz, o pioneiro Taketoshi chegou a cursar a faculdade de Direito, mas abandonou para seguir a carreira de funcionário do Banco do Brasil. Foi um grande colaborador da Folha de Londrina, de 1957 a 1959, quando dirigia a seção de palavras-cruzadas do Jornal. "Atendi ao convite do então chefe de redação Nilson Rímoli e foi um trabalho que me deu imenso prazer e do qual tenho boas recordações". Em 1966 casou-se com Sawako depois de conhecê-la numa festa beneficente na churrascaria Chopim. "Eu tinha 29 anos e ela era dona de um salão de belezas", revela. Sawako e Taketoshi tiveram 5 filhos: Telma Keiko, engenheira civil da Construtora Tarjab, em São Paulo, Tânia Ayako, engenheira civil da Engineering S/A, em Curitiba, Denise Sayoko, arquiteta, em Maringá, Roberto Takeshi, engenheiro mecânico da Usiminas, em Porto Alegre e Ricardo Tadashi, administrador de empresas, gerente da Pepsico, em Londrina. "Graças a Deus todos os meus filhos estão encaminhados e muito bem. A paixão de Taketoshi pelo golfe pode ser comprovada numa sala que tem em sua bonita residência no Alphaville Londrina Residencial, toda decorada com troféus, quadros, medalhas e literatura de golfe. "Me aposentei como funcionário do Banco do Brasil em 3 de março de 1985. E hoje afirmo que a minha atual profissão é golfista amador. É o que me dá prazer e muita alegria. Ainda bem que a minha esposa gosta e incentiva. Mesmo sem jogar, ela me apóia e quando pode, me prestigia", conclui.

 
Inicial | Guia de Profissionais | Notícias | Depoimentos | Sobre o Livro | Sobre a Empresa | Responsabilidade Social | Fale Conosco
  webmail Agência Digital ICOMP